03/07/2007

Quem não lembra dos tempos de escola, fazíamos provas que por vezes apenas o próprio professor e quem sabe Deus sabia a resposta, por vezes toda turma ia de mal a pior e um infeliz tirava senão a nota máxima uma bem próxima do almejado. Então na hora de explicar aos pais que a sala toda tinha ido mal no teste menos uma pessoa…

Não poderia ser possível ter tirado nota baixa, afinal de contas uma pessoa foi praticamente impecável e com certeza tal pessoa ainda ganhou um elogio bem grande e em alto tom para que todo mundo ouvisse.

Hoje noto que se traçarmos um paralelo entre todos esses esporádicos gênios teremos claro onde começa a estória dos puxa-sacos de chefes.

Eu definitivamente não sei ficar pendurada no saco de ninguém, e mesmo se tentasse algo que aprendi no passado ia me fazer repudiar meus atos; e vou além, hoje em dia tenho consciência de onde estou e de onde estão as outras pessoas, e eu por mais um motivo justificado pelo passado não posso me comparar com os piores.

Pessoas estão desempregadas, inumeráveis pessoas (pasmem) têm o salário inferior ao meu, muita gente tem mais horas a trabalhar do que a viver, muita gente tem compromissos praticamente inacabáveis, pessoas que se desdobram, que fazem milagres, que fazem simplesmente o normal para cada uma de suas vidas.

Não é por falta de relevância ou consciência, mas cada um tem sua fase, sua etapa, seu mérito, e eu sei que fiz bastante, e disso tudo ainda tenho muito a oferecer.

Então que mal há em querer o melhor, o mais breve e mais conveniente?

Não existe uma tal minoria que tem tudo em todos os níveis imagináveis pelo ser humano?

Então essa minoria conheceu a pessoa certa e ficou ao seu lado dizendo e fazendo suas vontades ou foi tão exigida que conseguiu sair do meio da multidão e se destacar por mérito próprio?

Anúncios
Esse post foi publicado em Crônicas. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s